22/11/2017
Riscos hidrológicos e impactos para o setor elétrico serão debatidos na terça

A Comissão de Infraestrutura promove audiência pública, na terça-feira (21), a partir das 9h30, para debater os riscos hidrológicos para os próximos anos e os impactos no setor elétrico. Um dos pontos a serem considerados na discussão é o alto custo arcado pelas hidrelétricas por causa do sistema de compensações pelo uso de termelétricas na geração de energia, já que está havendo menos chuvas no país. O sistema elétrico todo é interligado, e custos e ganhos são compartilhados por meio do MRE. Nos últimos anos, tem havido mais uso das usinas termelétricas, movidas a combustíveis fósseis e, consequentemente, gerado impactos às geradoras hidrelétricas, que precisam arcar com custos nesse processo, estimados em pelo menos R$ 20 bilhões anuais, segundo o autor do requerimento da audiência pública, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), que preside a comissão. A questão foi judicializada, o que causou repercussões até mesmo nas operações do mercado de energia. Foram convidados para debater o assunto Luiz Eduardo Barata Ferreira, diretor-geral da ONS; Rui Altieri, presidente da CCEE; e Christiano Vieira da Silva, superintendente de Regulação dos Serviços de Geração da Aneel. (Agência Senado – 17.11.2017) 



Desenvolvido por Graphos e MBA Comunicação