14/06/2018
BNDES: Desembolso com setor elétrico deve chegar a R$12,9 bi em 2018

O BNDES prevê desembolsos de R$ 3,3 bi para transmissão de energia e de R$ 2,5 bi para distribuição. Ao todo, o setor de energia deve totalizar desembolsos de R$ 12,9 bi em 2018. O montante é 8,6% inferior ao do ano passado, de R$ 14,112 bi, mas 27,4% superior aos 10,127 bi de 2016. A área de energia elétrica teve relevância no relatório de efetividade do banco de 2017, referente aos anos de 2015 e 2016. O BNDES teve participação de 97% nos 7.550 MW de capacidade instalada de energia hidrelétrica adicionada no sistema brasileiro em 2015 e 2016. No mesmo período, foram adicionados 5.171 MW de energia eólica, que contou com 89% de participação do BNDES. Em transmissão de energia, o banco esteve presente em 63% dos projetos que entraram em operação em 2015 e 2016, considerando a extensão das linhas. Ou seja os projetos que tiveram participação do banco foram responsáveis por 5,781 mil dos 9,117 mil km adicionados à rede básica de transmissão do país no mesmo período. "[O relatório de efetividade] é uma coisa boa porque, como somos um banco público, obviamente saber se nossa ação está sendo efetiva, ou não, é importante. Entende-se como efetiva atender justamente ao objetivo ao qual foi dado o financiamento", explicou. (Valor Econômico – 12.06.2018)


 



Desenvolvido por Graphos e MBA Comunicação