08/04/2017
Ata 204

Reunião Ordinária do Conselho de Administração e Diretoria Executiva 


Data: 08/02/2017.


Itens tratados:


 


1. Leitura da Ata 203 de 11 de janeiro de 2017 e do respectivo resumo para o Site.


Aprovados.


2. Fundação CEEE


A resposta que a Fundação CEEE enviou dos questionamentos das Entidades foi considerada satisfatória.  Discitiu-se o problema sobre até que ponto a Lei, que a Fundação CEEE se refere na resposta as Entidades, efetivamente pode ou não ser alterada. Se houver venda das Empresas, o comprador, pela atual legislação em vigor, tem obrigação de assumir a divida do Grupo CEEE junto à Fundação. Foi considerado que mesmo que fechem os planos, para os ativos que já estão consolidados num determinado plano, a Fundação CEEE continuará recebendo o valor dos participantes e das Empresas.


3. Possibilidade de privatização das empresas do Grupo CEEE


A votação, caso haja plebiscito das estatais, provavelmente será em junho de 2017. Os grupos de colegas que estão trabalhando contra essa privatização manterão as ações junto aos deputados e a intenção da AECEEE é de continuar apoiando este movimento.



4. Assuntos Gerais



4.1. Foi discutida e a situação financeira da CEEE-D. Comentou-se sobre a situação de outras distribuidoras que também apresentam problemas em seus balanços. Existe a possibilidade de passar o terreno, onde se encontra a sede do Grupo CEEE, que pertence a CEEE-D para a CEEE-GT. Este movimento serviria para melhorar o EBITIDA da CEEE-D. Foi comentada a possibilidade do Grupo CEEE entregar para Fundação CEEE os prédios que hoje são propriedade das Empresas D e GT, e ficar pagando aluguel para Fundação.


4.2. Existe uma carta que circula nas Empresas D e GT sobre o futuro Presidente da Fundação, indicando o colega aposentado Gerson Carrion para este cargo. Esta carta sugere que as Entidades de Classe apoiam a nomeação, porém não as especifica. Este Conselho ficou a par da carta enviada pelo Grupo CEEE às Entidades proibindo reuniões de Entidades não oficiais nos próprios da CEEE, sob pena de perderem o espaço cedido. Jamais a AECEEE assina um documento sem passar pelo seu Conselho e AECEEE não fechou questão sobre apoiar nenhum nome sem previa discussão com os associados. A AECEEE está preocupada com o futuro nome do Presidente da Fundação CEEE, mas que não apoia nenhum nome sem que haja uma ampla discussão sobre este assunto.


4.3. Sobre as causas na justiça do PCS, FGs e Tickets Refeição já estão em fase de julgamento final pelo TST e devem entrar em fase de cálculo pela Empresa, podendo ser pagos até o final do ano de 2017.



Desenvolvido por Graphos e MBA Comunicação