18/12/2017
Ata nº 214

Reunião Ordinária do Conselho de Administração e Diretoria Executiva 


Data: 08/11/2017.


Ata nº 214.


Itens tratados:


1. Leitura da Ata 213 de 04 de outubro de 2017 e do respectivo resumo para o Site.


Aprovados.



 


2. Acordo Coletivo Grupo CEEE de 2017/2018



 


A reunião no TRT4 da tentativa de acordo passou do dia 10/11 para 14/11. Como o assunto foi ajuizado pelo Senergisul antes do dia 11 de novembro, data da entrada da lei da Reforma Trabalhista, foi comentado que o que vale é a lei anterior da CLT. A data foi alterada pelo TRT4. A causa na justiça do Trabalho relativa a Função Gratificada foi paga somente aos Administradores sócios do Sindicato da sua categoria e a correção das FGs foi de 29% (relativa ao periodo desde 2013). Quanto a causa do PCS, foi paga somente aos Técnicos sócios do Sintec. Houve uma mudança de entendimento do Grupo CEEE, onde estas ações só atenderiam aos sócios dos respectivos Sindicatos que as ajuizaram.


3. Vaga na Câmara Elétrica do CREA-RS


 


O CREA-RS disponibilizou na Camara Especializada de Engenharia Elétrica do Sistema uma vaga para conselheiro e seu respectivo suplente. A posse será em janeiro de 2018. O Presidente Libório e o vice-presidente Lindau sugeriram inicialmente que essa cadeira fosse uma indicação do Conselho para os colaboradores da AECEEE. O Conselho sugeriu realizar uma consulta aberta a participação de todos os sócios. Assim ficou definido que haverá uma eleição entre os sócios aptos que se candidatarem.



 


4. Eleições Extraordinárias na Fundação CEEE


 



O Conselheiro Jacques perguntou por quanto tempo ficarão esses conselheiros que serão eleitos e foi esclarecido que os mais votados ficarão por 2 anos e os outros serão por 6 meses. O Conselheiro Zimmermann relatou que três candidatos foram impugnados pela comissão julgadora da Eletroceee, a Janice, o Ricardo Orly e a Ana Spaldari. Sobre o pedido de divulgação pela AECEEE de carta elaborada pelo Conselheiro Zimmermann contendo,segundo este, esclarecimento de fatos sobre a intervenção da Previc, o Presidente Libório entende que o conteudo contém opiniões pessoais podendo gerar ações judiciais contra a AECEEE, portanto sua posição é não divulgar esta carta aos sócios pelo site da AECEEE, pois o documento já foi disponibilizado nas redes sociais. A Conselheira Sandra, o Conselheiro Coitinho e o Conselheiro Jacques se posicionaram contra a divulgação dessa carta. O Conselheiro Coitinho lembrou que na reunião passada o Conselho já tinha decidido não apoiar nenhum candidato e essa publicação pode vir a ser considerada propaganda das pessoas que assinaram, pois alguns também são candidatos. O Conselheiro Zimmermann argumentou que esses dados estão no relatório da Previc e o Conselheiro Coitinho questionou se o citado relatório Previc é público, pois assim poderíamos colocar um link e deixá-lo no site. O Conselheiro Zimmermann informou que não está no Site da Previc e a cópia foi fornecida aos dirigentes pelo interventor. O Conselho decidiu que a carta de esclarecimento não será divulgada pelo site da  AECEEE.


 


5. Assuntos Gerais


 


5.1. O Presidente Libório relatou que houve dois pedidos de inclusão de sócio (Joel Oliveira da Silva e Claudemir Ribeiro dos Santos) e um pedido de desligamento do colega Pessuto.


 


5.2. Foi recebida pela AECEEE uma carta de agradecimentos do Instituto de Assistência e Proteção à Infância (IAPI), que recebeu as doações de alimentos doados pelos sócios no jantar do segundo semestre.


 


5.3. Foi pedido pela Escola de Robótica José Mariano Beck a doação de R$ 375,00 que é feita todo ano e o assunto foi aprovado pelo Conselho.


 


5.4. A visita técnica à Subestação CASTERTECH será dia 11/11, no próximo sábado. Foi organizada pelo Conselheiro Paulo Oliano e terá 15 pessoas. Primeiro será realizada a visita a SE Caxias II para conhecer uma subestação convencional e após a visita a subestação GIS.


 


5.5. O Conselheiro Milton Layher questionou o Conselheiro Zimmermann sobre o valor da dívida da CEEE para a Fundação, O Conselheiro Zimmermann explicou que o valor que a CEEE defende é diferente do valor que a Fundação divulgou.


 


5.6.  Sobre o periodo de férias dos empregados do grupo CEEE, o Conselheiro Jacques disse que não será possível dividi-las em três vezes, pois o valor deste ajuste no Convex seria muito alto.


 



Desenvolvido por Graphos e MBA Comunicação